Já falamos sobre algumas doenças comuns durante a gravidez, agora falaremos de Quatro doenças que podem acontecer durante uma gravidez. Vale ressaltar que é importantíssimo a grávida fazer de maneira correta o pré natal, com consultas regulares, fazer os exames necessários pedidos pelo médico,  ter uma alimentação adequada e balanceada.

Quatro doenças que podem acontecer durante uma gravidez

Quatro doenças que podem acontecer durante uma gravidez

Em um outro post falamos sobre a asma, a anemia e a cistite, vamos conhecer mais sobre outras 4 doenças que uma grávida está susceptível a ter.

Diabetes Mellitus Gestacional

A diabetes Mellitus gestacional é uma alteração nas taxas de açúcar no sangue que aparece ou é detectada pela primeira vez na gestação. Pode continuar ou não depois do nascimento do bebê. Ainda não se sabe porque acontece durante a gravidez, mas existe alguns fatores de risco que podem desencadear, que são: histórico familiar de diabetes com parentesco de primeiro grau, obesidade ou excesso de peso na gravidez, ter dado à luz a um bebê com peso acima de 4 kg ou com deformação congênita, hipertensão e idade superior a 35 anos.

Os sintomas podem ser sede, aumento na quantidade de urina, náusea, vômito, infecções frequentes, visão embaçada. E o tratamento recomendado pelo médico pode ser: uma dieta adequada e, eventualmente, injeções de insulina. A prevenção: controle do peso e exames de sangue, dieta balanceada e saudável. O exame para detectar o diabetes gestacional geralmente é feito entre a 24ª e a 28ª semana

Pré-eclampsia

A pré-eclâmpsia nada mais é que o aumento da pressão arterial no terceiro trimestre da gestação (essa elevação é restrita à gravidez, após o parto a pressão volta ao normal). Ainda não se sabe o porquê isso ocorre, mas está relacionada a uma alteração na formação da placenta. Os sintomas podem ser: inchaço, espuma na urina, dor de cabeça e de estômago, convulsão, dores abdominais, vista embaralhada, visão de pontos luminosos.

O tratamento é simples: repouso, controle da pressão, medicamento e se alimentar de forma saudável e evitar o uso do sal. A prevenção: acompanhamento pré-natal, principalmente no final da gestação. Há casos mais graves, onde pode evoluir para a eclampsia (com convulsão e risco de morte para a mãe e o bebê), o médico pode até mesmo antecipar o parto.

Vulvovaginite

Uma manifestação inflamatória ou infecciosa do trato genital feminino inferior, região que envolve a vulva, a vagina e o colo uterino, onde a mais comum delas é a candidíase, causada pelo fungo Candida albicans. Ocorre na gravidez por conta da queda na imunidade da gestante, o fungo Cândida, que habitualmente vive no intestino e faz parte da flora vaginal normal, prolifera e passa para a vagina provocando a infecção.

Os sintomas são o corrimento, ardor ao urinar e coceira. E o tratamento é feito por cremes vaginais antifúngicos usados geralmente por até sete dias para aliviar o incômodo. Não há riscos para a mãe ou o bebê.

A prevenção é feita pela higiene adequada e adoção de medidas que melhorem a imunidade, como atividade física e alimentação balanceada.

Distúrbios da Tireoide

O distúrbio da Tireoide nada mais é que alterações da glândula localizada na parte anterior do pescoço que produz os hormônios T3 e T4, regulando o crescimento, a digestão e o metabolismo. Acontece durante a gravidez devido ao aumento de volume da glândula, vascularização, captação de iodo e alteração da secreção dos hormônios pela tireoide.

Os sintomas geralmente são o cansaço excessivo, o ganho de peso, sono ou perda de peso, taquicardia, agitação. O tratamento é feito por hormônios prescritos dependendo da atividade da glândula. E não há prevenção, quando o problema for diagnosticado, é necessário manter um controle rigoroso durante toda a gestação, pois pode interferir no crescimento do feto, provocar aborto, parto prematuro e até levar a morte do bebê.

Entre em contato com um dos corretores para saber mais sobre os planos de saúde em Mogi!

Mais 4 doenças que podem acontecer durante uma gravidez