Você sabia que é seu direito incluir membros da família em seu plano de saúde? Esse é um problema comum que confunde muitos beneficiários na contratação, afinal o Serviço Nacional de Saúde Suplementar (ANS) garante esse direito há 7 anos através de um resumo da especificação, e as duas decisões são tomadas. A Constituição e o Código Civil.

No entanto, o operador pode exigir evidências da conexão entre o proprietário e os dependentes, mas mesmo para casais do mesmo sexo, é garantido que seja inclusivo.

Agora, com todo o apoio jurídico, você deve entender as razões para fornecer essa proteção aos seus entes queridos.

No entanto, a dica das agências de proteção ao consumidor é que os titulares de planos médicos devem sempre prestar muita atenção ao contrato antes de assiná-lo.

Isso ocorre porque, embora a lei se aplique a todos, há planos para facilitar a inclusão de outros membros da família.

Por exemplo, um plano de saúde pessoal ou familiar que deve ser estabelecido diretamente com o operador deve ser bem analisado, porque, se não estiver incluído no contrato, você terá o direito de alterar o contrato com o operador – não há necessidade de repetir o prazo.

Conheça alguns motivos para incluir dependente nos planos de saúde! Ok

Conheça alguns motivos para incluir dependente nos planos de saúde! Ok

Para incluir um parceiro que consiste em um casamento civil, uma certidão de casamento é suficiente.

Para garantir que os dependentes estejam unidos, é necessário provar a existência de uma aliança duradoura, pública e contínua.

No entanto, o operador pode exigir provas desse link, incluindo a determinação de como ele será apresentado.

Mas tenha certeza, isso geralmente é prova de residência, extratos de cartão de crédito e contas conjuntas.

Você ainda pode incluir os membros da sua família. Se o contrato de um operador não fornecer membros da família, você tem o direito de modificar o contrato com eles.

Além disso, de acordo com a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Idec), apenas membros da família devem atender a novas necessidades, não os titulares de seus planos de saúde pessoais que foram atendidos em contratos anteriores.

Se o seu plano é coletivo, você tem o direito de incluir o avô, que deve receber assistência médica diferenciada ao ingressar no plano de saúde da família.

De fato, não apenas ele nem a avó, mas também pais, filhos, netos, bisnetos, sobrinhos, irmãos e até tios – isso ocorre porque a lei garante que os parentes de sangue possam ser tolerados antes do terceiro nível.

Além disso, a ANS também realizou mediação com a operadora que se recusou a entrar no beneficiário, que teve 10 dias para propor uma solução.

No entanto, a agência apontou que 87% dos problemas nem precisam iniciar procedimentos administrativos, mas devem ser resolvidos na etapa intermediária.

Você vê como é fácil e benéfico para toda a família desfrutar do seu plano médico? Portanto, pare de perder tempo e sua família.

Não tem planos de beneficiar você e sua família? Converse com um profissional de vendas, pois ele o guiará da melhor maneira.

Conheça alguns motivos para incluir dependente nos planos de saúde